Media

Veolia é membro fundador da nova Alliance to End Plastic Waste

17 janeiro 2019
A criação da AEPW - Alliance to End Plastic Waste (Aliança para o Fim dos Resíduos Plásticos) foi anunciada em Londres no dia 16 de janeiro e reúne empresas de todo o mundo em torno de um objetivo comum: reduzir o volume de plásticos nos oceanos. A Veolia é um dos membros fundadores e o seu CEO, Antoine Frérot, um dos seus vice-presidentes.

A Aliança tem por objetivo desenvolver e implementar soluções avançadas para eliminar a deposição de material plástico no ambiente, especialmente nos oceanos, e promover destinos sustentáveis para os plásticos usados, gerando uma economia circular em torno destes resíduos.

Inicialmente formada por 30 empresas multinacionais com atividade na cadeia de valor do plástico, convidando agora à adesão de mais empresas, a Aliança investirá mil milhões de dólares nesse objetivo, com o compromisso de aplicar mais 1,5 mil milhões nos próximos cinco anos.
 

“Esta nova aliança é o esforço mais abrangente já feito para dar fim à deposição de plástico no ambiente. Desafio todas as empresas, grandes e pequenas, de todas as regiões e setores, a juntarem-se a nós”, diz David Taylor, Presidente e CEO da Procter & Gamble e presidente da AEPW.

Antoine Frérot

“O sucesso desta iniciativa internacional irá exigir a colaboração e esforços coordenados de muitos setores – com diferentes potenciais de resultado, seja no curto ou longo prazo. Abordar o tema do plástico no ambiente e desenvolver uma economia circular para o plástico requer a participação de toda a cadeia de valor e compromissos de longo prazo de empresas, governos e comunidades. Ninguém pode resolver isso sozinho”, afirma Antoine Frérot, CEO da Veolia e a vice-presidente da AEPW.

“A história mostrou-nos que de ações coletivas e parcerias entre a indústria, governo e ONGs podem resultar soluções inovadoras para um desafio global como este. O problema dos resíduos plásticos é visto e sentido em todo o mundo. Ele deve ser combatido, e acreditamos que a hora de agir é agora”, reforça Bob Patel, CEO da LyondellBasell, e vice-presidente da AEPW.

“Congregando globalmente esforços, a Aliança pode impactar positivamente o problema, por um lado focando nas regiões onde o desafio é maior, mas também partilhando soluções e melhores práticas para que esses esforços sejam amplificados e implementados no mundo todo”, disse Peter Bakker, presidente e CEO do Conselho Empresarial Mundial para o Desenvolvimento Sustentável.

Triagem e Reciclagem


Principais projetos a desenvolver pela Aliança:
  • Parcerias com cidades, para desenhar sistemas de gestão de resíduos integrados em grandes áreas urbanas e principalmente naquelas que têm rios que transportam grandes quantidades de resíduos plásticos da terra para o oceano;
  • Financiar a rede de incubadoras Circulate Capital, para desenvolver e promover technologias, modelos de negócio e empreendedores que previnem a disseminação dos resíduos plásticos no oceano, com enfoque inicial no Sudeste Asiático;
  • Desenvolver um banco de dados global, aberto e de base científica, para dar suporte a projetos globais de gestão de resíduos;
  • Colaborar com organizações intergovernamentais, como as Nações Unidas, para o desenvolvimento em conjunto de programas de formação para os agentes públicos;
  • Dar suporte à iniciativa Renew Oceans, cujo objetivo é capturar os resíduos plásticos antes de chegarem ao oceano, através dos dez rios que mais contribuem para esse problema.

Membros fundadores: BASF, Berry Global, Braskem, Chevron Phillips Chemical Company LLC, Clariant, Covestro, Dow, DSM, ExxonMobil, Formosa Plastics Corporation, U.S.A, Henkel, LyondellBasell, Mitsubishi Chemical Holdings, Mitsui Chemicals, NOVA Chemicals, OxyChem, PolyOne, Procter & Gamble, Reliance Industries, SABIC, Sasol, SUEZ, Shell, SCG Chemicals, Sumitomo Chemical, Total, Veolia e Versalis (Eni).