Revista Planet - ÁGUA NO SÉCULO XXI - planear face ao desconhecido

Preservar os recursos hídricos em tempos de incerteza é desafiante.

É este o tema da mais recente edição da revista Planet, num momento em que várias crises  — sanitária, financeira, social e climática -  impactam simultaneamente e de forma intensa as nossas sociedades.

Em destaque:

 

FORUM, pgs. 14 a 18

Gestão da água em tempos de incerteza

À conversa com Xavier Leflaive (OCDE - Diretoria Ambiente) e Jean-François Nogrette (Veolia)

Sejam eventos de desenvolvimento mais acelerado como a pandemia por COVID-19 ou fenómenos climatéricos extremos, sejam de evolução mais lenta como a poluição  ou a perda de biodiversidade,  a sua simultaneidade realça a necessidade de uma maior coordenação e integração na gestão da água. Conseguir gerir apesar da incerteza é crucial para o futuro.

 

FRONTLINE, pgs. 24 a 27

O caso do lago Genebra, na Suíça: micropoluentes, novos objetivos para a cidade de Lausanne

O lago Genebra, na Suíça, é a principal origem de água para consumo da cidade e áreas envolventes de Lausanne, representando 66% da produção anual de água. A relevância desta origem de água levou as autoridades locais a testar várias tecnologias para lidar com os micropoluentes identificados na água do lago.  

 

OUTFRONT, pgs. 44 a 50

Novas formas de pensar a gestão sustentável da água

Assegurar o acesso a serviços de água e saneamento, otimizando a forma como são geridos e garantindo a sua continuidade: são estas as prioridades que guiam a estratégia da Veolia nesta área. Para que todo o contexto de crise - pandémica, ambiental, financeira, social - não coloque em causa mais de 200 anos de progresso no fornecimento de água às populações, a Veolia está a conceber os serviços de água de amanhã. 

 

EXPLAINER, pgs. 52 e 53

Barrel - um sistema de tratamento de água plug & play

O Barrel é uma inovação que promete trazer um nova vida à dessalinização e à reutilização. Concebido pela Veolia para dar resposta a uma abordagem plug & play para o tratamento de água por osmose inversa. Cada barril pode acomodar até 200 membranas, cada uma com o seu próprio sensor. Estas unidades, mais compactas que as tradicionais, podem ser instaladas em espaços interiores ou a céu aberto. 

 

PDF
Revista Planet - ÁGUA NO SÉCULO XXI (15.21 MB)