Veolia e Suez unidas na mesma marca também em Portugal

No seguimento da união, concretizada no início de 2022, dos grupos Suez e Veolia, formaliza-se hoje, 1 de julho, também em Portugal a mudança de designação e marca, colocando sob a mesma insígnia - Veolia - as duas empresas.

Esta mudança de nome e marca pretende tornar mais clara e integrada a presença do Grupo em Portugal, atualmente com atividades na gestão da água, resíduos e energia, nos mercados municipais, industriais e dos serviços, e cerca de 850 colaboradores. 

Em comum, as duas empresas têm uma presença de várias décadas em Portugal e a participação em múltiplos projetos de referência na área ambiental no nosso país, em domínios como o tratamento e valorização de resíduos, a produção de várias formas de energia, a eficiência energética, a otimização da gestão da água e do tratamento das águas residuais e da sua reciclagem e reutilização. 

Aos exemplos e referências de 30 anos de atividade da Veolia em Portugal soma-se agora, quer enquanto Suez, quer ainda sob a anterior designação de Degrémont, uma forte experiência em tecnologia e serviços de engenharia aplicados ao tratamento de água e de águas residuais, nos mercados municipal e industrial. 

De entre as suas principais realizações destaca-se, na área municipal: a Estação de Tratamento de Água (ETA) da Asseiceira, que trata a água que abastece a região da Grande Lisboa; as Estações de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Vila Franca de Xira e Alverca do Ribatejo; a ETAR de Sobreiras, que trata as águas residuais domésticas da parte Ocidental da cidade do Porto; a sul do Tejo as ETAR de Alcochete, Afonsoeiro e Seixalinho; a ETAR de Castelo Branco; os Sistemas de Suporte de Vida do Oceanário de Lisboa; a ETAR de Porto Santo, com a sua Instalação de Secagem Solar de Lamas; a ETAR de Peniche, cuja remodelação se encontra neste momento em execução, e quase a arrancar a participação na execução dos túneis de drenagem de Lisboa. 

Na área industrial destacam-se, entre outras, instalações diversas para a Portucel, Soporcel, Galp Energia, Lactoibérica, Somincor, Companhia do Papel do Prado, Unicer e Sonae.

Agora, unidas num só grupo empresarial, que mundialmente conta com 220 mil colaboradores e projetos e clientes nos cinco continentes, as equipas de Portugal conciliam ainda mais forças e competências para dar resposta aos grandes desafios da transformação ecológica, com destaque para a descarbonização e transição energética, a gestão sustentável do recurso água e a circularidade dos resíduos.

José Melo Bandeira
“Perante desafios como a escassez de água, com especial significado em Portugal, e o imperativo da neutralidade carbónica que a todos impele a agir, a união das duas empresas em Portugal é uma excelente notícia para todos. Irá traduzir-se em equipas melhor preparadas para apoiar os nossos clientes em temas como a otimização do uso da água nas suas atividades, reutilização e reciclagem de águas residuais, dessalinização e também, no âmbito do nexus água-energia, a valorização das lamas resultantes do tratamento das águas residuais em energia verde. E que no caso de Portugal beneficia de uma oferta totalmente integrada, que à gestão da água acrescenta serviços de energia e de resíduos”.
José Melo Bandeira
Country Manager Veolia Portugal